O que posso fazer em minha rotina para melhorar a chance do meu tratamento de fertilidade?

rotina-e-fertilidade

Uma grande dúvida em relação ao tratamento de fertilidade está relacionada aos hábitos de vida das tentantes. Afinal, é possível manter o estilo de vida durante o tratamento de reprodução assistida

Na verdade, alguns hábitos podem influenciar nas chances de sucesso dos procedimentos. Por esse motivo, é muito importante adotar práticas que possam ajudar a manter o organismo saudável. A seguir, veja como isso pode ser feito!

Qual a importância dos bons hábitos para engravidar

Alguns hábitos podem afetar diretamente o tratamento de fertilidade. Afinal, em alguns casos, a produção de óvulos e espermatozoides pode ser comprometida. Além disso, para realizar um procedimento de reprodução assistida é importante manter o organismo saudável, melhorando as chances e evitando problemas durante a gestação.

O que preciso evitar na minha rotina durante o tratamento de fertilidade

Os principais hábitos que devem ser evitados para garantir que o tratamento de fertilidade tenha sucesso envolvem a alimentação, sedentarismo, estresse e uso de substâncias nocivas ao organismo.

Alimentação desequilibrada

Os maus hábitos alimentares podem provocar problemas como a obesidade, desnutrição e desequilíbrios hormonais. Por isso, a mulher em um tratamento de fertilidade deve evitar o consumo de alimentos industrializados, mantendo uma rotina de alimentação equilibrada, com nutrientes necessários para seu organismo. Um corpo saudável e em forma tem mais chances de alcançar bons resultados.

Sedentarismo

O sedentarismo prejudica o funcionamento do corpo e funções do organismo, além de prejudicar o metabolismo e aumentar o risco para o desenvolvimento de doenças como a diabetes e a obesidade, problemas relacionados à infertilidade.

Dessa forma, a prática de atividades e exercícios físicos deve ser realizada com cautela durante o tratamento de fertilidade. Aquelas de maior impacto, como musculação, corrida e boxe, por exemplo, devem ser evitadas em todas as etapas. 

Já as consideradas de menor impacto físico, como a hidroginástica, podem ser mantidas com permissão e acompanhamento médico. A única fase em que é recomendado não realizar nenhum tipo de atividade, mantendo repouso, é durante e após a estimulação ovariana. Isso porque o procedimento gera um aumento significativo nos ovários, e atividades de impacto físico podem gerar desconforto, dores e até mesmo complicações sérias.

Mas é importante não deixar o corpo totalmente parado. A prática de atividades físicas ajuda a manter uma vida saudável, melhora o condicionamento corporal e dá mais disposição, muito importantes para o tratamento. Para saber qual a melhor atividade para o seu caso, consulte o médico.

Estresse e ansiedade

Quando falamos em saúde, as pessoas costumam pensar em atividades físicas e uma dieta saudável. No entanto, tão importante quanto cuidar do corpo, é dar atenção à saúde mental.

O tratamento de fertilidade envolve uma série de expectativas e inseguranças do casal, que vê no processo um meio de realizar o sonho da maternidade e da paternidade. 

Por isso mesmo, é indicado o acompanhamento psicológico durante todo o processo. Outras recomendações importantes são realizar atividades relaxantes e que dão prazer, como hobbies, e desacelerar a rotina e a intensidade de trabalho.

Hábitos nocivos

Em relação ao consumo de álcool, tabaco e entorpecentes, médicos e especialistas em tratamento de fertilidade recomendam a suspensão total. O cigarro é um dos grandes vilões da fertilidade, enquanto as bebidas alcoólicas podem interferir no efeito dos medicamentos utilizados.

O cigarro, o álcool e o uso de outras substâncias afetam a qualidade dos óvulos e espermatozoides. Quando esses fatores agridem as células reprodutivas, devem ser evitadas, principalmente acima dos 35 anos. 

Da mesma forma, a cafeína em excesso deve ser evitada. Assim como o cigarro, ela pode causar diminuição no fluxo sanguíneo, resultando em uma série de compostos prejudiciais para as células relacionadas à fertilização.

Converse com o seu médico e decidam juntos uma rotina saudável

É muito importante seguir as recomendações médicas para que as chances do tratamento de fertilidade aumentem. Por isso, fique atenta às indicações em relação à alimentação, exercícios que podem ser realizados e práticas que podem ajudar a melhorar a saúde mental. Essa é a melhor forma de garantir tranquilidade e sucesso no tratamento.

Para escolher o melhor tratamento de fertilidade, é fundamental buscar ajuda em uma clínica especializada. Técnicas como a inseminação artificial e fertilização in vitro são algumas das que podem contribuir para a gestação, tendo suas chances aumentadas ao adotar hábitos saudáveis.

Gostou destas dicas? Então, conheça 5 vitaminas importantes para favorecer a fertilidade!

Equipe Médica Revisora do Texto

Dra. Hérica Mendonça, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.

Deixar comentários