Fertilização In Vitro é sinônimo de gêmeos?

Gravidez de gêmeos com a Fertilização in Vitro

Com chances de sucesso que chegam a 50 a 60% por tentativa para pacientes com 35 anos ou menos, a Fertilização In Vitro tem sido um dos principais tratamentos para abordar a infertilidade severa que alguns casais apresentam.

No entanto, a FIV envolve algumas particularidades que causam algumas dúvidas e receio nos casais com infertilidade – entre elas, as maiores chances de se ter uma gestação múltipla como procedimento.

Entenda a seguir como a gestação múltipla ocorre, quais são as chances de engravidar de gêmeos a partir da FIV e como evitar que ela aconteça através do procedimento:

 

O que é a gestação múltipla?

A gestação múltipla é aquela em que ocorre a formação de mais de um bebê simultaneamente, podendo ser gêmeos, trigêmeos, quadrigêmeos e assim por diante.

Existem dois tipos de gestação múltipla. Na gestação monozigótica, há formação de gêmeos idênticos a partir de único zigoto, que é a célula resultante da união do gameta masculino ao feminino. Já na gestação dizigótica, os bebês são gerados a partir de dois óvulos e dois espermatozoides diferentes. Neste caso, os gêmeos são diferentes e podem ou não ser do mesmo sexo.

Fatores

A incidência da gravidez múltipla é de 1 para cada 100 nascimentos. No entanto, as chances aumentam de acordo com alguns fatores – como a idade da mãe e o tratamento para a Fertilização In Vitro. Conheça eles a seguir:
Idade da mulher

Mulheres com mais de 37-38 anos possuem maiores chances de conceberem gêmeos em uma gravidez. Isso ocorre porque a produção do hormônio FSH – responsável por regular os processos reprodutivos e a secreção de esteróides sexuais – aumenta à medida em que a mulher envelhece.

Histórico familiar

Para mulheres com gêmeos não idênticos na família, há maiores chances delas também conceberem gêmeos. Isso acontece porque um histórico de gêmeos no lado feminino indica uma maior probabilidade das mulheres da família produzirem mais de um óvulo por ciclo.

Fertilização In Vitro

Quando a mulher passa por um tratamento para a infertilidade como a Fertilização In Vitro, as chances de ser uma gestação múltipla também aumentam. Entenda a seguir por que isso acontece:

 

Chance de gêmeos na Fertilização In Vitro

Em geral, a probabilidade de gravidez de gêmeos na Fertilização In Vitro é de 20% a 30%. Na população geral é de aproximadamente 12%. Isso acontece porque, para aumentar as chances de sucesso da Fertilização In Vitro, o procedimento padrão é a transferência de mais de um embrião para o útero da paciente.

Assim, quanto mais embriões forem transferidos, maior é a chance de que ao menos um deles se implante e se desenvolva.

 

Como diminuir a chance de gestação múltipla com a FIV

Como a gravidez de gêmeos pode ser mais complicada para a mãe e para os bebês, além de não ser um desejo de todos os casais que realizam a FIV, o Conselho Federal de Medicina (CFM) delimitou um procedimento para reduzir as chances de gravidez múltipla em métodos de reprodução assistida. A medida se baseia em limitar a quantidade de embriões que podem ser transferidos de acordo com a idade da mulher que está passando pelo tratamento:

· Mulheres com até 35 anos: podem ser transferidos até dois embriões;
· Mulheres entre 36 e 39 anos: podem ser transferidos até três embriões;
· Mulheres com 40 anos ou mais: podem ser transferidos até quatro embriões.

O limite para transferência de embriões aumenta conforme a idade da mulher porque os níveis de fertilidade tendem a diminuir de forma importante a partir dos 36 anos. Assim, mesmo com a FIV, as chances do procedimento dar certo também são menores, e é preciso transferir mais embriões para que as chances de implantação sejam mais satisfatórias.

Por isso, se você e seu parceiro ou parceira desejam reduzir as chances de uma gravidez múltipla com a Fertilização In Vitro, o mais indicado é conversar com médico responsável acerca do procedimento. O número de embriões transferidos vai depender da idade da mulher, da legislação e das perspectivas de sucesso de cada caso.

O número de embriões inseridos deve ser o menor possível, sem reduzir significativamente as chances de sucesso da FIV.

Você ainda tem alguma dúvida sobre as chances de gravidez de gêmeos através da Fertilização In Vitro? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo!

Equipe Médica Revisora do Texto

Dr. Ricardo Marinho, Dra. Hérica Mendonça, Dra. Leci Amorim, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.

Deixar comentários