Existe um perfil de paciente mais indicado para realizar a FIV?

fiv-fertilidade

A Fertilização In Vitro (FIV) é uma técnica que consiste na coleta dos gametas para que a fecundação seja feita em laboratório e depois na transferência desses embriões de volta para o útero materno.

O método foi usado pela primeira vez na Inglaterra em 1978 e foi trazido ao Brasil em 1983. Nessa época ele era conhecido como bebê de proveta.

No post de hoje, vamos falar de um assunto muito atual relacionado a FIV: os perfis mais indicados para a realização do tratamento. Vamos lá?

De modo geral, para quem a Fertilização In Vitro (FIV) é indicada?

A Fertilização in Vitro é um tratamento que pode ser indicado para diversas causas de infertilidade. É uma técnica muito utilizada para casais em que a mulher tenha problemas nas trompas ou endometriose, o que pode dificultar a chegada dos espermatozoides até o óvulo. Também pode ser feita em casos de problemas na produção de gametas no homem.

Outra situação em que o tratamento é muito indicado ocorre quando é preciso que seja feita a doação de óvulos, no caso de mulheres que não o produzem mais, em casos de casais homossexuais masculinos ou homens solteiros.

Obstrução das tubas uterinas ou laqueadura

Se a mulher tem alguma obstrução das tubas uterinas, precisou retirá-las em alguma cirurgia ou fez a laqueadura tubária (procedimento que bloqueia as trompas), a gestação por meios naturais é impossibilitada.

O procedimento que mais aumenta as chances de gravidez nestes casos é a FIV, pois o encontro dos gametas masculino e feminino será feito em laboratório.

Homens com baixa contagem de espermatozoides

Baixa contagem, pouca mobilidade ou alterações no formato dos espermatozóides podem ser causas de infertilidade. Podem ser indicados a realização da inseminação artificial ou da FIV.

Mulheres com idade avançada

A idade é um fator diretamente relacionado à fertilidade da mulher e, consequentemente, às chances de engravidar. Isso acontece porque a quantidade e qualidade dos óvulos diminui na medida em que a mulher envelhece.

Nos casos de infertilidade com idade avançada, o tratamento que mais aumenta as chances de gravidez é a Fertilização in Vitro (FIV).

Todo o processo de fecundação é feito em laboratório, o que aumenta as chances de que ela consiga engravidar.

Existem mais casos em que a FIV é indicada?

Até aqui fornecemos um panorama geral sobre os principais casos em que a FIV é indicada. Contudo, existem muitos outros casos em que o perfil se encaixa com o tratamento.

Confira mais alguns casos em que a fertilização in vitro pode indicada:

  • distúrbios na ovulação;
  • endometriose;
  • falência ovariana;
  • infertilidade sem causa aparente;
  • ausência de gametas no sêmen;
  • para casais homoafetivos que desejam ter filhos biológicos;
  • em casos nos quais tratamentos de baixa complexidade não foram efetivos.

Não se esqueça de conversar com um médico

Se o seu perfil de paciente foi citado ou não, lembre-se: consultar um médico sempre é essencial.

Um médico especializado vai definir se o seu perfil se encaixa melhor para a realização da FIV ou para outro tipo de tratamento. Não deixe de agendar uma consulta e conversar diretamente com o profissional de saúde que vai fornecer uma orientação especializada sobre o seu caso.

Quer saber mais?

Não pare por aqui! Continue lendo mais conteúdos em nosso blog.

Equipe Médica Revisora do Texto

Dr. Ricardo Marinho, Dra. Hérica Mendonça, Dra. Leci Amorim, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.

Deixar comentários