Como funciona a Fertilização in Vitro no Pró-FIV?

fertilizaçao-in-vitro

O procedimento de fertilização in vitro possui algumas etapas comuns que são seguidas por todas as clínicas de reprodução assistida e garantem o sucesso do procedimento. Porém existem técnicas que variam conforme a clínica ou equipe médica que está ministrando o procedimento.

O Pró-FIV é um programa que oferece um procedimento acessível de Fertilização In Vitro voltado para que não poderiam arcar com os custos de um tratamento de fertilização in vitro tradicional. Continue a leitura do texto para conhecer mais sobre a Pró-FIV e como acontece a fertilização in vitro na clínica.

Quem o Pró-FIV atende

O tratamento do Pró-FIV é indicado para mulheres com obstrução das trompas, dificuldade de ovulação (ovários policísticos) e falhas em tratamentos anteriores de baixa complexidade; homens com suspeita de infertilidade; e casais ou mulheres solteiras que já realizaram tratamentos de reprodução assistida de baixa complexidade sem sucesso ou possuem indicação médica de fertilização in vitro.

Fertilização in vitro no Pró-FIV

O tratamento de fertilização in vitro dentro do Pró-FIV é dividido em 5 passos: avaliação médica, indução a ovulação, coleta dos óvulos e do sêmen, transferência embrionária e exame de gravidez.

  • Avaliação médica

O primeiro passo da fertilização in vitro no Pró-FIVé agendar uma avaliação com um dos médicos que atendem pelo programa.

Durante esta avaliação o médico fará algumas perguntas quanto às tentativas de gravidez, quais as doenças ou problemas de saúde que o casal tem ou já teve e qual o histórico familiar. Além disso, o casal receberá indicação para realizar uma série de exames com o intuito de diagnosticar a causa da infertilidade.

A primeira consulta com o médico também é o momento de o casal tirar todas as suas dúvidas.

Um profissional capacitado e com experiência na área é a melhor pessoa para responder qualquer inquietude ou questionamento do casal. Uma dica é fazer uma lista com as dúvidas e levar no dia da primeira consulta.

  • Indução a ovulação

Uma vez conhecido o diagnóstico e sanadas as dúvidas o casal pode dar início ao procedimento da FIV. A primeira etapa costuma durar entre 9 e 12 dias e envolve o uso de medicamentos que estimulam a ovulação.

Dessa forma, a quantidade de óvulos liberados em um único ciclo será maior do que a convencional.

  • Coleta dos óvulos e do sêmen

O sêmen pode ser coletado duas horas antes do procedimento de fecundação e acontece por meio de masturbação em um espaço apropriado dentro da clínica. Já a coleta dos óvulos acontece por meio de uma punção ou aspiração folicular.

A coleta dos óvulos e folículos é realizada dentro de um bloco cirúrgico e a mulher recebe anestesia local para evitar que sinta dores.

Os médicos utilizam uma agulha acoplada a um ultrassom transvaginal, essa agulha vai perfurar a vagina, o ovário e o folículo. A agulha inserida está conectada com uma bomba de aspiração que será acionada retirando o líquido do folículo e os óvulos.

  • Fecundação

O procedimento de fecundação envolve a união entre os óvulos e os espermatozóides coletados. Ele acontece dentro de um ambiente laboratorial e não conta com a presença do casal.

  • Transferência dos embriões

Os melhores embriões gerados durante a fecundação são inseridos dentro da cavidade uterina, o endométrio. A quantidade de embriões varia de acordo com as chances de sucesso da gestação, assim que mulheres jovens e saudáveis e que tem embriões mais desenvolvidos geralmente transferem apenas dois embriões de cada vez.

  • Exame de gravidez

O teste de gravidez que vai confirmar o resultado do tratamento costuma ser realizado cerca de 15 dias depois da transferência dos embriões. Se o resultado for negativo o casal pode iniciar outros procedimento de fertilização in vitro logo em seguida.

Doação compartilhada

O Pró-FIV trabalha com a possibilidade de a paciente ser doadora de óvulos. Essa prática é regulamentada pela resolução de número 2.121/2015 do Conselho Federal de Medicina que permite a doação compartilhada de óvulos em Reprodução Assistida.

Na doação compartilhada doadora e receptora devem estar realizando o procedimento de fertilização in vitro e ambas compartilham tanto do material biológico quanto dos custos financeiros que envolvem o procedimento de Fertilização In Vitro.

Diferenciais da clínica

O principal diferencial do Pró-FIV são os valores acessíveis do procedimento de fertilização in vitro.

Além disso, é importante ressaltar que ela não realiza outros procedimentos de reprodução assistida. Dessa forma, todo o corpo clínico possui um conhecimento muito aprofundado nesta técnica de fertilização.

A clínica está localizada na cidade de Belo Horizonte e tem como missão oferecer tratamentos acessíveis com uma equipe técnica qualificada e dar aos pacientes um atendimento profissional, respeitoso e carinhoso. Se você quer está cogitando passar por um procedimento de fertilização in vitro agende uma consulta para conhecer o Pró-FIV.

Quer saber mais?

Confira o nosso Blog e conheça mais dos nossos conteúdos.

Equipe Médica Revisora do Texto

Dr. Ricardo Marinho, Dra. Hérica Mendonça, Dra. Leci Amorim, Dr. Fábio Peixoto, Dra. Luciana Calazans e Dr. Leonardo.

Deixar comentários